KiT 4 Vinhos Toscana IGT Toscana + Chianti Ricasoli Itália

(Cód. Item 34583987) | Em estoque.

Preço:
R$ 624

em até 12x de R$ 58,75

Entrega rápida via TransportadoraCalculo do Frete no Checkout

Devolução grátis. Você tem 7 dias a partir da data de recebimento.
Compra garantida, receba o produto que está esperando ou devolvemos o dinheiro.

Descrição

IGT TOSCANA: SOBRE O PRODUTOR: A vinícola Barone Ricasoli pode ser definida em poucas e reveladoras palavras: a verdadeira essência do Chianti Classico! De fato, a família Ricasoli está intimamente ligada à história do vinho italiano. Credita-se ao Barão Bettino Ricasoli a criação do vinho Chianti, quando no ano de 1872, após trinta anos de pesquisas e experimentações, escreveu a “fórmula do Chianti” na famosa carta endereçada ao professor Cesare Studiati da Universidade de Pisa, na qual exaltava os aromas e a estrutura da Sangiovese, a maciez da Canaiolo e a tendência da Malvasia a diluir o vinho, o que fez o Barão sugerir que esta uva não fizesse parte do corte dos vinhos de guarda da sua região. Além de criar o Chianti, a família Ricasoli produz vinhos desde o ano 1141, quando adquiriu o lendário Castello di Brolio. Essa longa história faz da Barone Ricasoli a quarta empresa em atividade mais antiga do mundo e a vinícola mais antiga da Itália! Atualmente comandada pelo Barão Francesco Ricasoli, bisneto do Barão Bettino, a vinícola e seus vinhos vivem um momento brilhante de sua história. Em 2009 a família Ricasoli comemorou um grande feito: seu Chianti Classico Castello di Brolio 2006 recebeu 96 pontos da Winespectator e se classificou em 5º lugar no ranking dos Top 100 da revista.

 

SOBRE O VINHO: Os Ricasoli estão comprometidos com a produção do vinho e a valorização da esplendida região do Chianti há séculos. Foi lá que o Barão Bettino Ricasoli estudou a Sangiovese pela primeira vez e lançou as bases para os grandes vinhos da Toscana. A linha Toscana IGT 1141 faz referência ao ano em que a família produziu seus primeiros vinhos e oferece excelente relação preço/qualidade.

 

INFORMAÇÕES TÉCNICAS: Tipo: tinto seco. Uva(s): 60% Sangiovese, 30% Merlot e 10% Cabernet Sauvignon.. Vinificação: em tanques de aço inoxidável com controle de temperatura (24-27°C). Amadurecimento: 80% em tanques de aço inoxidável e 20% em barricas de carvalho durante 10-12 meses. Graduação alcoólica: 13% Acidez: 5,1 g/l. (pH 3,44) Açúcar Residual: 5,5 g/l.

 

NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Cor: vermelho-rubi intenso e brilhante. Aroma: intenso e límpido, lembrando fruta vermelha madura, especiarias e ervas. Sabor: notas de frutas vermelhas e especiarias, médio corpo, boa densidade, taninos com textura agradável e macia, gostoso frescor e boa persistência final.

 

SUGESTÃO DE HARMONIZAÇÃO: Esse é mais um tinto de Ricasoli bastante versátil para a mesa do dia-a-dia. Combina com diversos pratos à base de carnes escuras, como gado, javali, coelho e aves de caça (grelhadas, assadas ou cozidas), bem como com massas banhadas em molhos escuros e pizzas. Servir a 16-17°C. 

 

 

CHIANTI DEL BARONE: SOBRE O PRODUTOR:

A vinícola Barone Ricasoli pode ser definida em poucas e reveladoras palavras: a verdadeira
essência do Chianti Classico!
De fato, a família Ricasoli está intimamente ligada à história do vinho italiano. Credita-se ao
Barão Bettino Ricasoli a criação do vinho Chianti, quando no ano de 1872, após trinta anos de
pesquisas e experimentações, escreveu a “fórmula do Chianti” na famosa carta endereçada ao
professor Cesare Studiati da Universidade de Pisa, na qual exaltava os aromas e a estrutura
da Sangiovese, a maciez da Canaiolo e a tendência da Malvasia a diluir o vinho, o que fez o
Barão sugerir que esta uva não fizesse parte do corte dos vinhos de guarda da sua região.
Além de criar o Chianti, a família Ricasoli produz vinhos desde o ano 1141, quando adquiriu o
lendário Castello di Brolio. Essa longa história faz da Barone Ricasoli a quarta empresa em
atividade mais antiga do mundo e a vinícola mais antiga da Itália!
Atualmente comandada pelo Barão Francesco Ricasoli, bisneto do Barão Bettino, a vinícola e
seus vinhos vivem um momento brilhante de sua história. Em 2009 a família Ricasoli
comemorou um grande feito: seu Chianti Classico Castello di Brolio 2006 recebeu 96 pontos
da Winespectator e se classificou em 5º lugar no ranking dos Top 100 da revista.
SOBRE O VINHO:
Esse é o Chianti da Barone Ricasoli produzido para o consumo cotidiano. Carinhosamente
chamado de “Chianti del Barone”, é um Chianti delicioso, super frutado, fresco, macio e
talhado para a mesa, para acompanhar os pratos simples e clássicos da culinária italiana.
INFORMAÇÕES TÉCNICAS:
Tipo: tinto seco.
Uva(s): 85% Sangiovese, mais outras castas complementares.
Vinificação: em tanques de aço inoxidável com controle de temperatura.
Amadurecimento: alguns meses em tanques de aço inoxidável.
Graduação alcoólica: ~13,0%
Acidez: ___ g/l. (pH __)
Açúcar Residual: __ g/l.
NOTAS DE DEGUSTAÇÃO:
Cor: vermelho-rubi intenso e brilhante.
Aroma: intenso e franco, lembrando fruta vermelha cítrica, como cereja e amora, flores,
como violeta, ervas e um toque balsâmico.
Sabor: um Chianti para se beber a qualquer hora; tem médio corpo, sabores frutados, toques
de ervas, taninos redondos e o delicioso e típico frescor da Sangiovese, que o torna
persistente e prepara a boca para a comida!
SUGESTÃO DE HARMONIZAÇÃO:
Bastante versátil para a mesa do dia-a-dia. Combina com diversos pratos à base de carnes
escuras, como gado, coelho e aves de caça (grelhadas, assadas ou cozidas), bem como com
massas banhadas em molhos vermelhos e pizzas.
Servir a 16-17°C.
Barone Ricasoli
“Chianti del Barone” Chianti DOCG 2018
Barone Ricasoli
Toscana / Itália
www.ricasoli.it
PREMIAÇÕES:
- 2011: Ouro na Sélections Mondiales des Vins du Canada 2012

Adicionar ao carrinho

Quem viu, também comprou

Produtos que você viu recentemente